CAT:17 Posts tagged "Pop"

St. Vincent – Los Ageless / New York

Acompanho há anos a carreira da americana Annie Clark, aliás St. Vincent, uma das figuras mais criativas da música internacional atual: seu som é pop mas experimental, suas melodias grudam no ouvido, suas letras são ácidas, sua voz é potente sem cair pro padrão “diva”. Já dividiu um álbum com David Byrne (“Love This Giant”, 2012) e agora acaba de lançar seu 5º álbum de estúdio, “Masseduction”. Os primeiros singles já ganharam clipes super estetizados e com cores vibrantes: o tecnopop oitentista Los Ageless e a emocional New York. Confira:

Beck – Up All Night

Beck tá de disco novo. “Colors” é o nome do 13º album de estúdio do artista californiano. A primeira faixa trabalhada é “Up All Night”, um pop preciso que já havia sido usada um ano atrás em um comercial da Swatch (ou seja, bem antes do trabalho inteiro ser finalizado). No clipe, dirigido pela equipe da CANADA (de Barcelona), a atriz Solene Rigot entra em uma armadura magnética para tirar um amigo (ou paquera, whatever) de uma festa mucho loka. Confira:

Coldplay + The Chainsmokers – Something Just Like This

Os britânicos do Coldplay você conhece, mas a dupla de DJs novaiorquinos The Chainsmokers é desconhecida pra muita gente. Bem, essas duas turmas se juntaram para criar uma nova canção, a hipnótica “Something Just Like This”. A faixa sairá tanto em “Memories… Do Not Open”, album de estréia da dupla a ser lançado em abril, quanto no 13º EP do Coldplay, “Kaleidoscope”, mais pra frente.

“Something Just Like This” é um pop eletrônico fortemente conduzido por sintetizadores que crescem ao longo do tempo. É climática, com uma melodia no registro grave do cantor Chris Martin, e só explode no refrão, quando entra a bateria e um “hook” de synth que é a marca registrada da faixa. Confira:

Son Lux – Change Is Everything

Son Lux é um trio de Denver, Colorado, e que eu nunca havia ouvido falar até dar de cara com esse clipe bordado em um stop motion muito bem feito, que brinca com as ondas gráficas do som e com o rosto do cantor, Ryann Lott. A música é “Change Is Everything”, do album “Bones”. Um pop de melodia hipnótica climático e de batida pesada, arranjado com timbres precisos de synths e pincelado por uma drum machine dos anos 80 distorcida. Thumbs up.

Justin Bieber – Sorry dançada por crianças africanas

Muito melhor do que o clipe original de Justin Bieber para seu hit “Sorry”, é esta versão em video que os Triplet Ghetto Kids de Uganda fizeram, e que está bombando nas redes sociais.

Não me entendam mal: adoro esse reggaeton estilizado que é “Sorry”. Acho um dos melhores hits do ano. Mas o clipe de Bieber é chato pra burro. Agora, essas crianças…

Girls Just Wanna Have Fun (Cindy Lauper) em versão cool para comercial da Mango

Para anunciar sua nova coleção outono/inverno, a marca de moda Mango colocou ontem no ar um comercial com as modelos Kate Moss e Cara Delevingne. Para ilustrar o filme PB, a trilha sonora é uma versão do hit “Girls Just Wanna Have Fun” (Cindy Lauper, 1983) feita pelo quarteto de pop eletrônico Chromatics. O novo registro da banda de Portland, Oregon, é mais frio que o ska pop original, mas cai como uma luva para o contexto da marca espanhola, tanto pela fim do verão quanto pelo mood distante que as modelos exalam.

Abaixo, o original de Cindy Lauper: